Giancarlo Polesello - ortopedista especialista em quadril

ATIVIDADE SEXUAL

ATIVIDADE SEXUAL

Antes de passar por uma prótese no quadril, muitos pacientes sentem-se inseguros para realizar atividade sexual pela dor e rigidez articular. Por isso, após melhora da qualidade de vida, da dor e mobilidade é normal que tenham aumento do interesse.

Pesquisas demonstram que a prótese total do quadril pode melhorar a satisfação e qualidade da atividade sexual, porém o medo de deslocamento da prótese e a vergonha em discutir esse assunto com o cirurgião e fisioterapeuta podem gerar insegurança na hora de praticar.

Estudo publicado no The Journal of Arthroplasty em 2014, avaliou o risco relativo de impacto e instabilidade articular durante atividade sexual após artroplastia total de quadril e analisou 12 posições sexuais através do estudo de captura de movimento com dois voluntários. Este estudo indicou 4 posições sexuais que contém riscos de luxação para as mulheres e homens: 3, 5, 8 e 10.

O tempo médio orientado entre a cirurgia e o início da atividade sexual varia de 6 a 8 semanas, mas alguns cuidados inicalmente devem ser tomados: travesseiros podem ser utilizados para conforto e apoio e algumas posições devem ser protegidas, tais como não flexionar o quadril acima de 90 graus e não cruzar as pernas.

1
2
3 Ø mulher
4
5 Ø mulher
6
7
8 Ø mulher/homem
9
10 Ø mulher
11
12

Figura que indica posições sexuais analisadas com captura de movimento e análise 3D;  Ø, símbolo que indica posição de risco para luxação de prótese.

Outras notícias

Como evitar a perda óssea?

Como evitar a perda óssea?

Leia matéria e ouça a entrevista do Dr. Giancarlo para a Revista Brasil no Portal EBC, no link a seguir: https://radios.ebc.com.br/revista-brasil/2020/08/como-evitar-a-perda-ossea

ler mais
Share This